Programação do Festival Rio Ouricuri valoriza artistas do interior do Estado do Pará.

18 apresentações artísticas, entre apresentações musicais e artistas valorizam a produção de arte autoral no nordeste paraense.


imagem: arquivos do festival

Uma drag que usa barba e se apresenta em performances digitais vestida de sereia. Uma MC negra amazônida e produtora de singles irreverentes. Uma das revelações de punk rock do Brasil. Um grupo tradicional que mantém viva a tradição da Marujada em Capanema. Allyster, Mc Pokaroupas, Cerébro de Galinha e Associação da Marujada de São Sebastião de Capanema . Esses são alguns dos artistas que compõem a programação da 3ª edição do Festival Rio Ouricuri – Música, Arte e sustentabilidade.


O Festival apresentará nos dias 27 e 28 de agosto, no formato online, 12 apresentações musicais, 6 apresentações artísticas e 10 empreendimentos criativos cumprindo a missão de levar música, arte e sustentabilidade. Ao total, 18 atrações foram selecionadas. Haverá apresentações que misturam rock, hip hop, blues, carimbó, brega e samba. Nas apresentações artísticas haverá danças com influência de marujada, afro-dance, break, carimbó e música contemporânea.


Geovane Máximo, coordenador geral do festival, explica que a quantidade inicial de apresentações musicais inicial era 10, mas graças ao sucesso e diversidade de inscritos houve o acréscimo de mais 2 apresentações musicais, totalizando 18. “Desde a primeira edição, o festival foi criado como uma estratégia de apresentação e difusão da arte independente produzida na região do nordeste paraense. Buscamos democratizar a arte produzida no interior do estado, valorizando mulheres, populações tradicionais e grupos LGBTQIA+.


FEIRA CRIATIVA E PALESTRAS


Devido a pandemia, alternativas foram criadas para contornar a necessidade de realização da feira agroecológica e feira criativa que seriam presenciais. No lugar de eventos que gerariam aglomeração conteúdos audiovisuais foram criados e serviços estimulados para dar conta de incentivar o consumo de alimentos agroecológicos direto do produtor, reforçando o pilar sustentabilidade. Um deles é o paneiro agroecológico que permitirá a população adquirir produtos direto do produtor da agricultura familiar mais saudáveis, frescos e por um preço menor. A programação também conta com uma programação de três palestras sobre os temas: Agroecologia, Financiamento de projetos e Economia Criativa.


SOBRE O FESTIVAL RIO OURICURI


Em sua terceira edição, o Festival Rio Ouricuri traz, em 2 dias de evento, realizados virtualmente, uma programação gratuita acessível e inclusiva com apresentações musicais, dança, Feira agroecológica, Feira Criativa, palestras e oficinas alinhados aos três eixos do festival: música arte e sustentabilidade.


Nesta edição o Festival conta com o patrocínio da Lei Aldir Blanc para fomentar artistas autorais e iniciativas sustentáveis realizadas no nordeste paraense.






SERVIÇO:


3º Festival Rio Ouricuri

Data: 27 e 28 de Agosto

Realização: em formato virtual

Classificação: 18 anos

Onde: Canal do Youtube do Festival: https://m.youtube.com/FestivalRioOuricuri


Instagram do festival: instagram.com/FestivalRioOuricuri

Site: www.festivalrioouricuri.com.br



Contato para entrevista:

Geovane Máximo – Coordenador geral do Festival – Tel: 91.9129-8134

Assessoria de imprensa: Édipo de Queiroz Santiago. 91-9.8014-8186